Depois de muita especulação, Douglas é padronizar a indentidade visual da empresa. Acaba sendo apenas a formalização de algo que já vinha acontecendo. Um só tem a somar para o outro.