Archive for November, 2006

Na Cnet saiu um artigo sobre o spam da Europa. A Comissão Europeia reclama de sofrer atividades ilegais online dela e de países do terceiro mundo. O Brasil está na lista dos principais spammers junto com EUA Pokies, China, Uruguai, Índia, Alemanha e França. No mesmo estudo o destaque é para a Holanda que aparece com redução de 85% na quantidade de spam. O Brasil conseguiu reduzir um pouco mas ainda falta bastante trabalho pela frente.

Vi na coisa me deixou triste.

Será que empresas puramente ponto com terão sucesso no Brasil? Será que para “ir para frente” tem que ser de “empresa de tijolos”. De qualquer maneira fico feliz com o tanto de tempo que o Submarino se manteve com grande sucesso até agora. Boa sorte para ambas. Os concorrentes que me desculpem.

O Pew Internet & American Life Project observou em seu estudo que 12% do usuário de internet dos EUA afirmara ter baixados Podcast para ouvir mais tarde. O estudo mostra também que apenas 1% faz isto diariamente.

Levando em conta a complexidade de se baixar um Podcast, o número de usuários que tem players e a possibilidade de interesse de um usuário comum em ouvi-los, os números são bem altos. Quando celulares multimídia com grande capacidade de memória se popularizarem, imagine como será o impacto dos Podcast. Surgirão Jornais diários para baixar e ouvir pela manhã?

Os spammers se reinventam a cada dia. Agora a nova estratégia e enviar spam por imagens. Não que isto seja novo, mas um detalhe é que faz eles não sejam capturados pelos sistema anti-spam. Ao invés de usar uma imagem com fundo branco, ele coloca um fundo rajado para simular uma foto e com isto não ser considerado spam.

Ele vem acompanhado com um texto para disfarçar a oferta. Por enquanto vem só em inglês. O mais famoso por enquanto é o de oferta de ação da Tora Technologies. Cheiro de bolha 2.0?

Muito se discute se os videogames causam vício, violência ou stress nas pessoas. Uma coisa é certa, a espera tem dado dor de cabeça. Com a chegada do Wii e do Playstation 3 a espectativa tem causado crimes. Principalmente o segundo.

Será que vale a pena associar sua marca a algo violento? Ou que vicia as pessoas? O advergame tem que ser muito bem pensado. Talvez a linha seja mais dos jogos no estilo Wii.

Estou voltando após umas merecidas férias. Só só me conectei ao mundo Web por conta do InterCon, que por sinal foi bem proveitoso. Ganhei uma camisa do Google, assisti a palestras interessantes e pude conversar com gente legal.

Na volta das férias, também pude perceber algumas coisas. Vou comentá-las em outros posts, pois serão muitas novidades. Bem, e lá vamos nós.